fbpx

Limpeza Doméstica. O testemunho do líder de mercado.

Notícias

Limpeza Doméstica. O testemunho do líder de mercado. (2)

A pandemia que assolou Portugal e o mundo trouxe consigo a necessidade de adaptação por parte de grande parte das empresas. No setor das limpezas domésticas a situação não foi diferente. Existiu por parte dos empresários uma readaptação à nova realidade, pois apesar de existirem situações em que quase nada mudou, há quem tenha ficado sem trabalho.

No meio disto tudo, surgiram janelas de oportunidade e houve quem soubesse aproveitá-las. Foi o caso da House Shine, marca líder em Portugal no setor de limpezas profissionais. Em entrevista, Cândido Mesquita, CEO da marca, não esconde o choque que teve com a nova realidade na primeira semana pós-declaração do estado de emergência. Com uma quebra abrupta de 60%, tanto de clientes, como de faturação, o cenário era desolador.

Os nossos clientes estavam reticentes em manter os nossos serviços, tendo em conta os perigos de ter alguém fora do núcleo familiar em casa”, revela o empresário, salientando, no entanto que, apesar das adversidades foram traçados planos ambiciosos para o futuro.

“Começamos a adaptar-nos e implementamos alterações drásticas nos sistemas de segurança. Todas as profissionais começaram a trabalhar com óculos ou viseira, máscara cirúrgica, luvas e tapa pés. Passámos a usar sempre esses Equipamentos de Proteção Individuais (EPI) nos serviços que executamos. Além disso, a forma de fazer o trabalho também mudou. Há mais desinfeção, nomeadamente nas limpezas domésticas de manutenção. Não aumentámos o preço, mas as limpezas que não incluíam desinfeção passaram a tê-la em puxadores de portas, interruptores e corrimões pois são áreas que merecem este cuidado acrescido”, refere.

O responsável acrescenta ainda que “a House Shine passou também a ter comunicação permanente com o cliente residencial, com o envio de pequenos vídeos didáticos, tendo ainda elaborado um sistema de desinfeção para casos de Covid-19 positivos, que pode ser implementado tanto em espaços comerciais, como residenciais”.

Graças a estas medidas a recuperação começou a ser visível, sentindo-se, cada vez mais, um ambiente de retoma. “Os nossos clientes, que tinham o conforto de ter alguém que lhes limpava a casa, estão desejosos para que voltemos. Fazem um teste para ver como estamos a trabalhar, e muitos voltam mesmo. Mas também temos clientes novos”, reconhece Cândido Mesquita.

Com isto, a rede de franchising conta já abrir novas unidades, de forma a dar resposta à crescente procura com os cuidados de limpeza e desinfeção. “Para esse novo passo, com o reforço de trabalho, penso que será possível aumentarmos em 20 a 30% os postos de trabalho, num espaço de seis a nove meses”, conclui o CEO.

Newsletter House Shine

Subscreva aqui a nossa newsletter

Subscreva a nossa newsletter e receba gratuitamente todas as nossas novidades, promoções, eventos, dicas de limpeza e muito muito mais.